Sistema FETRANSUL aposta em novas tecnologias para o TRC gaúcho

agosto 31, 2021 0 Por Site Fetransul

Trabalhar para desenvolver novas tecnologias para todo o setor de logística e transporte rodoviário de cargas do Rio Grande Do Sul. Este é o principal objetivo de levar o Sistema Fetransul (Federação das Empresas de Logística e Transporte de Cargas do RS) para dentro do Instituto Caldeira, um hub que reúne empresas, universidades, startups e parceiros interessados na transformação digital dos negócios e no fomento da economia gaúcha. Por isso, foi assinado, nesta segunda-feira, um convênio de cooperação entre as duas entidades.

Além do presidente do Sistema Fetransul, Afrânio Kieling, e do CEO do Instituto Caldeira, Pedro Freitas Valério, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, fez questão de assinar o documento. O ministro estava em Porto Alegre para o lançamento do Documento Eletrônico do Transporte, o DT-e, e reuniões com empresários do setor.

Kieling destacou a importância da parceria: “Eu acho que é um passo sensacional, de uma grandeza enorme, o Sistema Fetransul estar aqui no Instituto Caldeira para desenvolver tecnologias para todo o setor de logística e transporte rodoviário de cargas. Não é para uma empresa. É para todas as transportadoras que representamos. Vamos ficar mais competitivos, o que é fundamental para o mercado. Então, nosso trabalho aqui é para todos os nossos sindicatos e para todos os associados da nossa base. É uma bandeira gaúcha para o setor”.

O CEO do Instituto Caldeira enfatizou a força e o potencial do setor: “Estamos muito empolgados com a vinda do Sistema Fetransul porque queremos criar um ambiente de discussão sobre os impactos da tecnologia na logística e no transporte. Quando a gente fala de inovação, é basicamente para poder gerar mais competitividade para o setor. Tenho certeza de que será uma relação muito produtiva”, disse Valério.

Atualmente, o Instituto Caldeira tem mais de cem startups funcionando no local. O Sistema Fetransul já está trabalhando na montagem da equipe que vai atuar no hub.

FONTE: Assessoria de Imprensa da Fetransul