PETROBRAS muda política de reajustes dos combustíveis

junho 19, 2019 Off Por Site Fetransul

A Petrobras anunciou na semana passada a redução de 4,6% no preço médio do diesel em suas refinarias, para 2,0664 reais por litro. “A partir de agora, os reajustes de preços de diesel e gasolina serão realizados sem periodicidade definida, de acordo com as condições de mercado e da análise do ambiente externo, possibilitando a companhia competir de maneira mais eficiente e flexível”, afirmou a empresa em nota.

Após idas e vindas sobre a sua política de preços, cuja periodicidade no passado chegou a ser quase diária, a Petrobras definiu em março que os valores do diesel não poderiam ser alterados em intervalos inferiores a 15 dias, em meio a pressões de caminhoneiros. Já a gasolina, pela última política, não poderia ter o preço mantido por mais de 15 dias, prazo que levava em conta um mecanismo de hedge adotado pela estatal.

A redução no preço do diesel ocorre em meio a uma queda nos preços do petróleo e a um real mais forte frente ao dólar, fatores que interferem na decisão da Petrobras. Nesta semana, a Petrobras baixou o preço da gasolina em cerca de 3%, para 1,81 real por litro, na segunda queda do mês para o combustível. Em 1º de junho, a empresa já havia reduzido também o preço médio do diesel em 6% nas refinarias.

No mesmo comunicado em que anunciou a revisão na periodicidade do reajuste, a empresa afirmou que “ficam mantidos os princípios que balizam a prática de preços competitivos, como preço de paridade internacional (PPI), margens para remuneração dos riscos inerentes à operação, nível de participação no mercado e mecanismos de proteção via derivativos”.